Be water, my friend

Minha mente traz à tona algumas coisas curiosas…

Às vezes, quando estou a escrever, ela dá-me uma palavra que não conheço bem, como quem liga um interruptor, uma palavra que eu nem sequer tinha noção de conhecer o significado. Ou um conceito. Ou uma citação. Algo que absorvi, aprendi, me esqueci… daí “isto” volta à mente consciente no exato momento necessário.

Por vezes, me assusto ao perceber que sei tal coisa (não é curioso?); noutras, não me dou conta e deixo fluir.

Agora, ao pensar nas mudanças que virão (será?), me lembro do discurso de Bruce Lee (sobre a arte de lutar), que cabe bem em muitas (em todas?) as situações da vida: be water, my friend.

“Empty your mind. Be formless, shapeless, like water. Put water into a cup, it becomes the cup. Put water into a teapot, it becomes the teapot. Water can flow or creep or drip or crash. Be water, my friend.”.

Fonte: https://youtu.be/cJMwBwFj5nQ

E você, o que pensa sobre isso?! Comente aí, vai...

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.