Lanchinho divino – crepe!

A minha insatisfação não é estética (embora eu não curta muito essa barriguinha que insiste em saltar do jeans). Minha maior motivação é a  saúde – com quase 30 quilos a mais, as articulações estão sobrecarregadas e  caminhar é bem dolorido. Praticamente uma idosa aos 42 anos.

Todo esse peso veio com a gravidez. Daí, eu enrolei por 7 anos – comecei e parei várias dietas. E só engordei.

Com a decisão de mudar alguns aspectos da minha vida, a dieta entrou em pauta…

Eu amo pão. Sempre pensei não viver sem. Logo, a dieta Dukan é uma dura mudança de hábitos. Há quatro dias tenho resistido bravamente. Ainda bem que tenho amigos queridérrimos passando pelo mesmo processo junto comigo – e com eles posso reclamar bastante. A gente até fez um grupinho no WhatsApp.

Como fiz o plano de dieta, recebo orientações todos os dias – de alimentação e exercícios. Foi lá no site que vi a receita do crepe Dukan. E a Nina também comentou sobre esse pequeno pedaço de satisfação.

delicinha, se joga, vai!
delicinha, se joga, vai!

Anote aí:  Misture em uma tigela uma colher de sopa de farelo de trigo, duas colheres de sopa de farelo de aveia, uma colher de sopa de queijo branco com 0% de gordura (2 para um crepe mais mole) e um ovo. Unte uma frigideira antiaderente usando uma gota de óleo derramada sobre um papel-toalha. Frite o crepe por dois minutos ou até que ele se descole da frigideira; vire-o, como um crepe, e frite o outro lado. Você também pode prepará-lo somente com a clara do ovo. Ele pode ser degustado doce, com adoçantes e aromatizantes, ou salgado, adicionando-se ervas e temperos variados.

 

E você, o que pensa sobre isso?! Comente aí, vai...