Retrospectiva

Este foi, definitivamente, o ano das mudanças. Grandes e boas mudanças. Quem diria que perder o emprego em março poderia me trazer até aqui?

Por outro lado, também perdi grandes amigos. E esse foi o mais duro golpe. Tantos anos caminhando juntos, hoje seguimos caminhos bem diferentes. Não sei se a vida vai nos colocar de novo na mesma estrada – isso ao futuro pertence, e não é o assunto que quero falar.

Mudei de emprego, mudei a cor do cabelo e depois, de corte. Enfim, troquei de profissão (mas essa também tem a ver com escrever – e muito!), de amigos e de ares. Escolhi um novo caminho, outras responsabilidades, novos desafios. Emagreci. Cortei o cabelo. Estou até pensando em deixá-lo grisalho…

Encarei minhas mentiras, desafiei algumas verdades.

Tudo isso pode parecer besteira e não chegar em 1% de alguns problemas de muitos por aí. Não importa. Revendo o que aconteceu, percebo que quebrei paradigmas, ampliei meus limites e me superei. Minha competição é comigo mesma. Meu padrão e minha meta, eu-inteira.

2011 chega com muitas metas, oportunidades e promessas. É um ano com vocação para marco. E dos mais memoráveis. Não por eu completar 40 anos, e sim por tudo o que pretendo viver.

Uma resposta para “Retrospectiva”

  1. Amiga Bia,
    Palavras sábias de quem reconhece e celebra o aprendizado. A busca é eterna, mas o que importa são as conquistas do caminho. SEMPRE! Te acompanho de longe e torço! Essa dinâmica do “mudar” é especial a medida que para isso, precisa-se de coragem! Isso vc tem de sobra. Bj

E você, o que pensa sobre isso?! Comente aí, vai...