Hipnótica

Ela era Hipnótica.
Olhar preso ao dela
e lá me perdia em pensamentos.

Ela ditava o caminho
palavra por palavra
dizia, num sussurro, aonde ir.
Se direita ou esquerda,
morro acima,
ladeira abaixo.

E ela sabia do seu poder
e o fazia com maestria
e eu, rendido, entregue
apenas me deixava guiar.

Hipnótica criatura que passa
e arrebata meus sentidos…
Se você soubesse o que é o amor,
não me traria preso, mas liberto
para que pudéssemos, então
juntos, caminhar lado a lado.

Descobri uma galeria deliciosa… vai lá ver. Esta arte é daqui: clique.

E você, o que pensa sobre isso?! Comente aí, vai...