Vargas, meu predileto

Todas deliciosas. Cheias de curvas. Pouca roupa. Caras e bocas.
Sedutoramente ingênuas. Maliciosamente dissimuladas.
Assim são as mulheres de Vargas.

Confesso que, por muito tempo, essas mulheres povoaram meu imaginário. Foram referências de poder, sedução, espelho mesmo. Eu queria ser uma delas. Todas divas. Simplesmente lindas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *