Minha porção Eva

Uma tentação, não é mesmo?

Eu que fiz. É, não me olhe com essa cara de espanto! Eu fiz, com minhas próprias mãos [e sem ajuda!] todas essas maçãs-do-amor aí da foto. Exercitei minha porção Eva. Deixei aflorar meus mais doces instintos e criei, uma por uma, essas deliciosas maçãs-do-amor.

Ficou com água na boca, não é mesmo?

Pois deveria. Elas estão DE-LI-CI-O-SAS. A cozinha é, pra mim, um laboratório de alquimia, um lugar mágico. Embora nem todos acreditem, eu amo cozinhar – porque descobri que posso criar diferentes estados alterados de consciência. Posso seduzir. Emocionar. Saciar. E posso até matar…

Minha porção Eva está toda feliz. Voltei às origens.
Mais uma vez vou seduzir com a maçã.

4 respostas para “Minha porção Eva”

  1. Hummm…

    não bastava estar cada vez mais linda, escrever deliciosamente ainda tinha que cozinhar bem? Isso é pura covardia da sua parte, costelinha…

    Bjsssss

  2. diz aqui no blog para deixar um comentário, mas que comentário posso fazer se a boca cheia d´agua me impede, se os olhos ofuscados no próprio brilho da gula me tiram da direção. muita maldade essa que veio de vc…

E você, o que pensa sobre isso?! Comente aí, vai...